O empregador pode monitorar seus empregados?

 em Uncategorized

Para o TST, em recente decisão, o monitoramento no ambiente de trabalho, sem qualquer notícia a respeito de excessos, como a utilização de câmeras espiãs ou a instalação em recintos destinados ao repouso ou que pudessem expor a intimidade dos empregados, como banheiros ou vestiários, insere-se no poder fiscalizatório do empregador.

Sendo assim, o monitoramento realizado pela empresa com o conhecimento do trabalhador e sem agredir a sua intimidade e muito menos provocar constrangimento pessoal é considerado um método de fiscalização legal a ser praticado no ambiente laboral.

Fonte: TST, Processo RR-21162-51.2015.5.04.0014, 11/09/20, www.tst.jus.br

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contato

Nosso escritório está localizado na capital de Santa Catarina, cidade de Florianópolis, e em frente ao Fórum do Trabalho e do Tribunal Regional da 12ª Região, sendo considerado um local privilegiado pela aproximação com a Justiça do Trabalho.

Fale conosco!